Saturday, 24 January 2015 00:00

«O PDM e as Suas Abordagens Técnicas»

«Discussão Pública do PDM representa um marco histórico na democracia Bracarense»

«O PDM e as Suas Abordagens Técnicas» foi o tema da oitava, e última, sessão pública de esclarecimento do Plano Director Municipal de Braga (PDM). A sessão decorreu hoje, 24 de Janeiro, no Museu D. Diogo de Sousa tendo como oradores convidados o arquitecto Alexandre Bastos, o economista José C10945652 903310716366783 7669252707902930663 nadima Ribeiro, o engenheiro Manuel Miranda e o geógrafo Ricardo Almendra, que, como técnicos familiarizados com as questões do Planeamento e Gestão do Território, deram a sua visão pessoal sobre o Plano.

Ao longo de oito sessões, que percorreram as freguesias do Concelho, os Bracarenses tiveram oportunidade de ficarem a saber ao pormenor todas linhas estratégicas do PDM, facto que, segundo Miguel Bandeira, vereador do Planeamento, Ordenamento e Urbanismo da Câmara Municipal de Braga, representa um “marco histórico na democracia Bracarense”.

“Com estas sessões públicas de esclarecimento inauguramos uma nova fase de relacionamento entre os munícipes e a Autarquia que não tem paralelo no passado”, sublinhou o vereador, realçando a forte participação da população, contribuindo com ideias para a estratégica de crescimento do Concelho.

O Município de Braga encetou “um processo diversificado de auscultação pública que teve o seu início em Janeiro do ano transacto” e, tal como explicou Miguel Bandeira, a discussão pública não acaba aqui. “Há um ano que estamos em divulgação do PDM e, até 09 de Fevereiro, encontramo-nos formalmente em discussão pública, o que representa o dobro do tempo legalmente exigido para esta matéria”, vincou, lembrando que o gabinete do PDM, que está alocado no Balcão Único, encontra-se disponível para continuar a esclarecer e informar a população e tem registado enorme afluência por parte dos Bracarenses.

Outra das iniciativas de divulgação do PDM que o Município disponibiliza é o site da internet (http://pdmbraga.cm-braga.pt), que, segundo o vereador, tem registado um elevado número de visitas e “com ligações ao Mundo inteiro, o que significa que estamos a atingir o objectivo principal de informar e divulgar este Plano”.

A discussão pública do Plano Director Municipal de Braga prossegue até ao dia 09 de Fevereiro, perfazendo um total de 60 dias de discussão pública, sendo que nesta matéria, o Município de Braga está a conceder o dobro do tempo que é imposto por Lei, que são apenas 30 dias. O PDM é um documento que vincula os agentes privados e as entidades públicas e colectivas, estabelecendo um compromisso entre as autarquias e a administração central.